Praia do Caju – Ferreira Gullar

Escuta: o que passou passou e não há força capaz de mudar isto. Nesta tarde de férias, disponível, podes, se quiseres, relembrar. Mas nada acenderá de novo o lume que na carne das horas se perdeu. Ah, se perdeu! Nas águas da piscina se perdeu sob as folhas da tarde nas vozes conversando na varanda … Continue lendo Praia do Caju – Ferreira Gullar

O XV de Camões

Busque Amor novas artes, novo engenho Para matar-me, e novas esquivanças; Que não pode tirar-me as esperanças, Que mal me tirará o que eu não tenho. Olhai de que esperanças me mantenho! Vede que perigosas seguranças! Pois não temo contrastes nem mudanças, Andando em bravo mar, perdido o lenho. Mas conquanto não pode haver desgosto … Continue lendo O XV de Camões

Tudo muda

A primeira vez em que li, ele se chamava Leon e sua Ana tinha só um ene. Naquele tempo, os russos eram traduzidos do francês para o português e se na tradução de uma obra de uma língua para outra já se perdem características originais como fluidez, ritmo, métrica, só para citar algumas, imagina traduzir … Continue lendo Tudo muda

Leituras imediatas e hiperlinks

Depois de "Fuga do campo 14", relato interessante mas apressado do jornalista Blaine Harden, viajei alguns quilômetros e alguns séculos para ler sobre o que é considerado até hoje o maior terremoto seguido de tsunami: o da cidade de Lisboa, em 1755, no livro do historiador inglês Edward Paice - A ira de Deus. Ao … Continue lendo Leituras imediatas e hiperlinks

Benjamin

O filme de David Fincher, em cartaz nos cinemas, com Brad Pitt e Cate Blanchett é bom. Já ouvi críticas negativas que atribuo à imagem deslumbrante do ator, conforme os efeitos de maquiagem o vão fazendo rejuvenescer. Ele fica mais jovem do que realmente é e mais bonito. Talvez outro ator escolhido, a crítica fosse … Continue lendo Benjamin