Desejos para 2013

Em 2013, Para os distantes, presença. Para os europeus, longos braços pelo oceano; Para os americanos, asas para os trópicos; Para os que não vejo há muito, encontro; Para os que vi e perdi, reencontro; Para os não enxergo, saudade; Para os que não entendem, compreensão; Para as novas amizades, continuação; Para os zangados, sorrisos … Continue lendo Desejos para 2013

90 minutos

Quando me avisaste, "chegarei amanhã", comecei a pedir: "céu, não chora". Queria que visses o Rio em sua beleza plena de dezembro. Queria que fosse um dia luminoso, ensolarado, com a quentura dos trópicos, mas não foi possível. Choveu um pouquinho. Fui ao teu encontro, vi teu mesmo sorriso tímido e ouvi tua voz mais calma. No … Continue lendo 90 minutos

Feliz Ano Novo

Em 2011, Para os distantes, presença; Para os europeus, navios que atravessem o oceano; Para os americanos, asas para os trópicos; Para os que não vejo há muitos anos, encontros; Para os que vi e perdi, reencontros; Para os que perdi, saudades; Para os que não entendem, compreensão; Para as novas amizades, continuação; Para os … Continue lendo Feliz Ano Novo

Dante Milano, tercetos

Eu sou um rio, a água fria de um rio. profundo, cabe em mim todo o vazio, Um reflexo me causa um calafrio. Sou uma pedra de cara escalavrada, Uma testa que pensa, e sonda o nada, Uma face que sonha, ensimesmada. Sou como o vento, rápido e violento, Choro, mas não se entende o … Continue lendo Dante Milano, tercetos

Maresia

Eu cheguei em casa agora, janelas abertas do apê em Copa, cheiro total de maresia. Forte, irresistível aroma, perfume, cheiro de mar. Ai, mar! Outras eras fossem, outro momento, vestia meu biquini e dava um mergulho nas ondas que chamam. Elas chamam. Com esse cheiro maravilhoso, o mar chama. Exige minha presença, povoará meus sonhos … Continue lendo Maresia

Chuva

Fim da tarde, bunda quadrada, sentada em frente ao computador, chuva forte, de verão antecipado no Rio, lava tudo. Lava calçada e carro, lava árvore com sede, lava gente desprevenida, lava dor, lava a alma, lava o espírito carregado. Fim da tarde, sentada em frente ao computador, chuva pára, fio de sol aparece no horizonte, … Continue lendo Chuva

Desejos para 2008

Em 2008,Para os distantes, presença;Para os europeus, navios que atravessem o oceano;Para os americanos, asas para os trópicos;Para os que não vejo há muitos anos, encontros;Para os que vi e perdi, reencontros;Para os que perdi, saudades;Para os que não entendem, compreensão;Para as novas amizades, continuação;Para os zangados, sorrisos gentis;Para os felizes, eternidade;Para os sempre presentes, … Continue lendo Desejos para 2008