300 dias sem ele – Parte 3

"Perene flui a interminável hora / Que nos confessa nulos. No mesmo hausto / Em que vivemos, morreremos. Colhe / O dia, porque és ele." - Fernando Pessoa, meu ídolo depois de você. Minha bíblia, meu muro de lamentações, meu céu estrelado. Junho foi cansativo, aborrecido, estressante. Julho trouxe a família do Norte e do … Continue lendo 300 dias sem ele – Parte 3

Fernando Pessoa, A Felicidade exige valentia

"Posso ter defeitos, viver ansioso e ficar irritado algumas vezes mas, não esqueço de que minha vida é a maior empresa do mundo, e posso evitar que ela vá à falência.Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver apesar de todos os desafios, incompreensões e períodos de crise.Ser feliz é deixar de ser vítima … Continue lendo Fernando Pessoa, A Felicidade exige valentia

Fernando Pessoa, Cancioneiro

Viajar! Perder países!Ser outro constantemente,Por a alma não ter raízesDe viver de ver somente!Não pertencer nem a mim!Ir em frente, ir a seguirA ausência de ter um fim,E da ânsia de o conseguir!Viajar assim é viagem.Mas faço-o sem ter de meuMais que o sonho da passagem.O resto é só terra e céu.Fernando PessoaCancioneiro

Fernando Pessoa, Ficções do Interlúdio

“Há sem dúvida quem ame o infinito,Há sem dúvida quem deseje o impossível,Há sem dúvida quem não queira nada -Três tipos de idealistas, e eu nenhum deles:Porque eu amo infinitamente o finito,Porque eu desejo impossivelmente o possível,Porque quero tudo, ou um pouco mais, se puder ser,Ou até se não puder ser...”Fernando PessoaFicções do InterlúdioPoesias de … Continue lendo Fernando Pessoa, Ficções do Interlúdio

Fernando Pessoa – Colhe o Dia

Uns, com os olhos postos no passado,Vêem o que não vêem; outros, fitosOs mesmos olhos no futuro, vêemO que não pode ver-se.Por que tão longe ir por o que está perto -A segurança nossa? Este é o dia,Esta é a hora, este o momento, istoÉ quem somos, e é tudo.Perene flui a interminável horaQue nos … Continue lendo Fernando Pessoa – Colhe o Dia