A luz do Tom

Estreia hoje o novo documentário de Nelson Pereira dos Santos sobre Tom Jobim, complementação, com fino acabamento, do filme do mesmo diretor,  que assistimos em 2012 sobre o maestro. Enquanto no primeiro filme tivemos um recorte de momentos do Rio e da carreira de Tom, embalados por sua música,  no segundo travamos conhecimento de histórias … Continue lendo A luz do Tom

Como era gostoso o meu francês

 Cinema sempre foi a maior diversão para a família. Assim como os livros. E a música. A primeira vez que vi o "Como era gostoso meu francês" foi no cinema, com mamãe e Denise, minha prima. Éramos crianças, o filme era censura livre (sim, era censura, não faixa indicativa), história ficcionada do Brasil e era cinema nacional … Continue lendo Como era gostoso o meu francês

Agora que o inverno chegou…

Pense numa cena: frio lá fora, chuvinha molenga, pipoca, queijos e vinhozinho bem escolhido. Sofá confortável e companhia especial. Garanto o programa imperdível para quem não viu nos cinemas. E para quem viu, já sabe, poesia pura. Já garanti o meu, por enquanto só na Saraiva, mas em todo o país.

O filme mais bonito

 Desde janeiro nos cinemas, o filme A música segundo Tom Jobim  é classificado como documentário nas categorias de cinema, mas para mim é o filme da vida. Da minha vida. Em 90 minutos, por meio da música do maestro e do olhar delicado do mestre Nelson, faço uma viagem no tempo, com imagens que começam … Continue lendo O filme mais bonito

Rio, 40 Graus

Cópia restaurada de Rio 40 Graus, do cineasta Nelson Pereira do Santos, marco do cinema nacional, em breve em dvds, perfeita descrição de uma sociedade cuja essência permanece a mesma 53 anos após retratada no filme, cotidiano atual agravado pelos problemas crescentes e violência sem limites. Como se mantêm as mazelas retratadas na trama envolvente, … Continue lendo Rio, 40 Graus

Carta à Melhor Amiga

Levanto-me num sábado de manhã, preguiçosamente, com gestos pequenos, pés arrastados e olho o tempo lá fora, que insiste em permanecer uma eterna primavera em época de inverno. Demoro um pouco à janela, vejo os carros passarem, buzinas perdidas de gente impaciente nesse dia tão bonito. Continuo com o meu acordar e vou preparar o … Continue lendo Carta à Melhor Amiga